sábado, outubro 21, 2006

Falanstério 28 – Alta Velocidade = 64% das Multas


Como sempre a imprudência é o que comanda nas rodovias paulistanas. Em épocas de feriado se torna maior ainda. O motorista que é mais cuidadoso e obedece Código Nacional de Trânsito terá menos chances de sofrer acidentes e consequentemente se manter vivo. O Brasil não é o líder das estatísticas de desenvolvimento humano, mas lidera no mundo o ranking de acidentes de carros. Por ano são um milhão, resultando 50 mil mortes e 300 mil pessoas feridas.

Sessenta e quatro por cento das multas aplicadas nas rodovias paulistanas são por excesso de velocidade, o que mostra o quanto os motoristas são irresponsáveis. Além das altas velocidades, muitos fazem ultrapassagem em locais proibidos, com baixa visibilidade e andam pelo acostamento. E para piorar, eles ingerem álcool antes de dirigir. 75% dos acidentes com vítimas fatais envolvem um motorista alcoolizado. Outra infração cometida é a falta do uso do cinto de segurança, um equipamento que pode ser vital para salvar as vidas das pessoas em acidentes. Nas rodovias 14,17% dos motoristas não usam cinto, no banco de trás o índice sobe ainda mais 73,99%. Por isso muitas crianças morrem, mas seus pais sobrevivem em acidentes, eles usam cinto na frente, mas atrás as pobres crianças ficam lançadas à sorte.

É impressionante como pode haver tanta irresponsabilidade e descuido por parte das pessoas que dirigem. Eles devem pensar que tendo um carro você é indestrutível e que nada vai acontecer. Não é possível ser tão imbecil de querer guiar um veículo motorizado bêbado ou querer ultrapassar os limites de velocidade. O carro é uma arma e as pessoas esquecem disso. Acham que todos os carros são os mesmos que aparecem em comerciais, com a sensação de liberdade e conforto. Mas esquecem que aquilo é uma montagem e serve para alienar os capitalistas selvagens, conseguindo assim alcançar o objetivo de vender cada vez mais carros. Em vez de praças, estacionamentos, em vez de ciclovias, rodovias, em vez de vida a morte.

Ranking de multas nas estradas de São Paulo:

Excesso de velocidade – 64%

Falta de licenciamento do veículo – 5%

Conduzir o veículo em mau estado de conservação – 3%

Ultrapassar em local proibido – 3%

Falta do uso do cinto de segurança – 2%

Dirigir sem os documentos obrigatórios – 2%

Conduzir o veículo sem o equipamento obrigatório – 2%

Outras Infrações – 19%

Fonte: O Globo

2 comentários:

M disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Marilce disse...

Realmente é alarmante esses números e a falta de responsabilidade desses " motoristas". Eles são uns criminosos, acho que a penalidade deveria ser mais severa, pois o número de pessoas que morrem e que ficam com sequelas por causa desses irresponsáveis, é cada vez maior.
Parabéns Felipe, por mais uma reportagem útil!!!!!!!!!!!