quarta-feira, julho 26, 2006

Falanstério 03 – Bike e Armstrong

Uma das grandes paixões da minha vida é a bicicleta. Sou um amante do ciclismo e adoro sair pedalando por aí. Atualmente tenho uma moutain bike e ando com ela por essas ruas esburacadas e poluídas de São Paulo. Queria tanto que fosse Amsterdã.

O uso da bicicleta é muito satisfatório para a humanidade, você não pega trânsito, consegue ter contato com a vida que existe fora dos vidros escuros e fechados dos carros e ainda fica mais saudável praticando um esporte. Aqui no Brasil ciclista sofre e como sofre. Motoristas sempre estressados (deve ser difícil para eles a vida solitária que vivem dentro da máquina mortal que vivem) e revoltados com a vida. Hoje mesmo fui xingado duas vezes por esses motoristas. Além de quase ninguém respeitar a gente (hoje também dois carros abriram passagem para mim) não temos ciclovias e nem bicicletários e nossas ruas não são das melhores.

Aqui em São Paulo toda última sexta-feira um pessoal se encontra para promover a Bicicletada que tem como objetivo colocar na cabeça das pessoas que a bike é um veículo e deve ser respeitado. O lema é “Um carro a menos’’. Visito alguns e um dos melhores com grandes idéias e criticas sobre a selva de pedra que vivemos é o Apocalipse Motorizado. O mesmo autor deste blog produziu um documentário fantástico que mostra a realidade com estatísticas do trânsito mortal e dos diferentes modos de transporte (bicicleta, carro, ônibus, metrô e até mesmo a pé). O documentário se chama Sociedade do Automóvel e pode ser visto aqui pelo Google Vídeo. Outro blog com boas idéias que visam o uso da bicicleta é o do William Cruz, gosto muito desse, pois tem várias dicas e reflexões boas sobre o nosso cotidiano.

Diria que o blog Falanstério é um blog sobre duas rodas sem motor. Frequentemente a bicicleta e os problemas do trânsito e do transporte público serão tratados por aqui. Hoje vou falar também um pouco sobre um dos meus grandes ídolos que me motiva em muitas coisas, entre elas pedalar. Lance Armstrong, heptacampeão da Volta da França e venceu um câncer que parecia incurável. Lance teve tumor no testículo que se propagou pelo cérebro e pelos pulmões. Eram diversas metástases espalhadas pelo seu corpo e os médicos não acreditavam na sua recuperação. O garoto que cresceu no Texas criado pela sua mãe com muito esforço, obteve uma vitória pela vida, venceu o câncer. Após se recuperar desta doença mortal ele disputou a Volta da França e venceu por sete vezes consecutiva a prova mais difícil do planeta, onde os ciclistas enfrentam de tudo num total de 20 etapas, inclusive as difíceis subidas dos Pirineus e dos Alpes. Esta grande força de vontade e motivação que Lance tem me inspira em continuar lutando em algumas batalhas desta vida que temos. O ciclista criou a fundação Livestrong que ajuda crianças com câncer, o maior símbolo são as pulseiras amarelas de silicone com a inscrição Livestrong (Viva com vontade).

Vou comentar os três livros que existem do Lance aqui no Brasil. Eu tenho os três, mas li apenas um e estou lendo o segundo agora. Dois contam a sua biografia e o terceiro fala sobre o treinamento de Lance e dá dicas para os ciclistas. Veja as descrições deles:

De Volta à Vida/It’s Not About The Bike (2004): Este foi o livro que eu li. Muito bom a história. Conta como Lance venceu o câncer e depois os cinco Le Tour de France. A história é contada pelo próprio Armstrong junto com a jornalista esportiva americana Sally Jenkins. Os relatos são emocionantes e mostra com o ciclista é um exemplo de vida.




A Luta de Lance Armstrong (2006): Estou lendo este livro agora e o conteúdo dele é muito bom. O jornalista canadense conta a biografia mais atualizada de Lance. Além da luta contra o câncer ele relata as sete vitórias na Volta da França. Parece ser bem interessante e não vejo a hora de terminá-lo.




Lance Armstrong: Programa de Treinamento (2006): Este livro é excelente para os amantes do ciclismo. O livro conta o treinamento usado por Lance para alcançar seu maior desempenho em 7 semanas. Elaborado pelo treinador do Lance, Cris Carmichael, o livro dá dicas de como se preparar para se tornar um grande ciclista (mas Lance Armstrong só existe um) e, além disso, ainda possui relatos de Lance sobre sua vida.



Estas são apenas algumas dicas para leitura relacionada ao ciclismo e ao Lance. Com já disse o tema sobre bicicletas será bastante discutido aqui no Falanstério sobre duas rodas e este foi o primeiro de muitos.

2 comentários:

Anônimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anônimo disse...

Interesting site. Useful information. Bookmarked.
»