sexta-feira, julho 28, 2006

Falanstério 06 – Assassinos mais velozes


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou nesta quarta-feira a lei que altera as multas em relação ao excesso de velocidade no Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Agora são três níveis de excesso: até 20% além do limite (falta média, 4 pontos e R$ 85,13), entre 20% e 50% (grave, 5 pontos e R$ 127,69) e mais de 50% (gravíssima, 7 pontos e R$574,62 mais a habilitação suspensa).

Se as nossas ruas e estradas fossem bem cuidadas, sem nenhum buraco e em perfeito estado e se nossos motoristas fossem educados respeitassem as leis e fossem mais educados eu até concordaria com essa mudança, pois ficaria mais criterioso o método de infração. Mas não temos a educação de trânsito de países de primeiro mundo, nem menos as Autobans européias. Me preocupa bastante esta mudança. Os acidentes de carros matam milhares de pessoas por ano e agora os motoristas são estimulados a correr mais, não sei aonde isso vai parar.

Com certeza os acidentes irão aumentar em vez de diminuir. Os carros são fabricados para atingir imensas velocidades, 200km/h, 300km/h, mas as velocidades máximas permitidas não passam de 120km/h. Em São Paulo a velocidade média de um veículo é de 30km/h então porque aumentar a margem para cometer infrações? Por exemplo, se você estiver numa rodovia onde a velocidade máxima permitida seja de 120km/h você só terá sua habilitação suspensa de passar de 180km/h. No interior das cidades é comum pessoas voltarem de festas para suas casas embriagados, com a nova lei eles pensam “Só perderei minha carteira de motorista se passar de 180, bom vou acelerar’’, as conseqüências podem ser trágicas.

O autor do projeto desta fantástica lei foi o deputado Beto Albuquerque (PSB-RS). Em vez dele pensar em projetos que ajudem na educação do país ou na saúde, ou atém mesmo na melhoria do transporte público ele pensa em favorecer a classe de 30% que utiliza a máquina motorizada. Como o carro que você tem reflete seu status e não a sua personalidade e modo de agir, o que prevalece nessa sociedade maniqueísta e massificada são suas roupas, carros e apartamentos, a matéria e não o sentimento. Por isso a mudança nessa lei, para poder ajudar as pessoas de possuem poder, já que são as mesmas que mandam nesse país.

Enquanto isso mais pessoas morrerão e as estatísticas irão aumentar cada vez mais. Será que o deputado Albuquerque irá rir dessa situação com seu veículo importado e blindado e vidros escuros? Talvez. Mas nada poderá fazer mudar as vidas perdidas e o sofrimento de milhares de família, por causa da máquina assassina motorizada que mais mata depois da arma. Enquanto isso continuarei pedalando sem limite de velocidade e questionando quando nossas “autoridades” tomam essas atitudes imbecis.

O QUE VAI MUDAR

Como era:

- Ultrapassar o limite de velocidade -

em até 20%: infração grave: multa de R$ 127,69;

- Ultrapassar o limite de velocidade falta grave;

em mais de 20%: infração gravíssima;

multa de R$ 574,62 e apreensão da

carteira de habilitação do motorista

infrator.

Como é agora:

- Superar o limite até 20%: falta

média; multa de R$ 85,13;

- Superar entre 20% e 50%:

falta grave; multa de R$ 127,69;

- Ultrapassar em mais de 50%:

infração gravíssima; multa de

R$ 574,62 e apreensão da carta.

3 comentários:

Marilce disse...

Ese blogger é um barato! Muito atual e bem informado. Parabéns !!!!!!!!
Você é 10000000000
Te amo muito.

Anônimo disse...

Hi! Just want to say what a nice site. Bye, see you soon.
»

Anônimo disse...

Interesting website with a lot of resources and detailed explanations.
»