domingo, setembro 17, 2006

Falanstério 20 - + Carros, - Metrôs

Esta foto foi tirada no dia em que os metroviários da cidade de São Paulo pararam e fizeram greve pedindo a não privatização da nova linha amarela do metrô. Isto estampa que os poucos quilômetros de trilhos são importantes para a cidade, mas mesmo assim o Governo insiste em investir mais nos carros do que nos metrôs. Gostaria que esta foto estampasse as propagandas de carros em revistas e jornais, queria ver se ia vender carro assim. Não sei se já perceberam nos comerciais de televisão de carros que nunca existe engarrafamento, com apenas o carro a ser vendido trafegando numa rua limpa e com pessoas bens vestidas, mostra clara da cultura de massa que aliena o povo.

Mas voltando ao assunto principal sobre os investimento do governo nos metrôs. Em três anos e meio da gestão Lula, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social (BNDES) investiu quatro vezes mais na indústria automotiva, (R$ 7,58 bilhões) do que nos metrôs, (R$ 1,4 bilhão). Em 20 anos o BNDES investiu R$ 3,8 bilhões no orçamento dos metrôs de São Paulo e Rio de Janeiro, só no ano passao o banco estatal emprestou quase o mesmo valor (R$ 3,7 bilhões) para os fabricantes de carros. Só em 2005, a Volkswagen recebeu R$ 660 milhões, quase 10 vezes mais do valor investido no metrô no mesmo ano (R$ 70,2 milhões). A Volks não para de ser beneficiada e recebeu R$ 497,1 milhões de empréstimo no ato, enquanto o transporte público metroviário recebeu apenas R$ 211,5 milhões em todo o primeiro semestre.

A justificativa para toda essa bajulação do setor automobilístico é que contribui para exportações e criação de empregos. Mas e as mortes causadas pelas máquinas fabricadas? Atualmente o Governo brasileiro cuida de cinco metrôs nas cidades de Belo Horizonte, Salvador, Recife, Porto Alegre e Fortaleza e nesses três anos e meio gastaram apenas R$ 1,4 bilhão.


Ironicamente, os melhores metrôs do país são os que já deixaram a administração federal: Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília. A linha 4 do metrô de SP está orçada em R$ 2,76 bilhões e deve ser financiada pela Parceria Público Privada (PPP). O metrô do Rio de Janeiro é privatizado e tem ações na Bovespa com direito a lucros aos acionistas. A privatização ocorreu em 1997, por R$ 291 milhões. No ano passado o metrô carioca registrou lucro de R$ 27 milhões, mostrando que o metrô pode ser um bom negócio.


Percebe-se que o Governo não tem muito interesse em fazer o país crescer e investir no transporte público. Eu não consigo entender como não entra na cabeça dessas pessoas que se julgam autoridades, que a melhoria do transporte é uma situação emergencial (entre outras também). Parece que eles ficam tapados apenas nos lucros das vendas dos carros e esquecem de fazer o que deveriam fazer quando o povo é obrigado a votar neles para depositar um pouco de esperança e esperar que este país melhore um pouco mais. Nos resta continuar tentando, fazer abaixo-assinado, manifestações e lutar pelos nossos direitos, pois é isso que nos resta, a luta.

Fonte: O Globo
Foto: O Estado de São Paulo

Um comentário:

Paulo disse...

Se eu tivesse a opção de andar de metrô, indo e vindo do trabalho, faculdade, curso, enfim... Com certeza seria o método de transporte que EU iria utilizar. Mas, enquanto o governo não investe gasto mais com meu carro e ficamos aguardando.

Gostei muito dessa Felipe.

Abraço