quarta-feira, setembro 03, 2008

Falanstério 77 - Pedal Cultural

arte: dihaase

Ciclistas de São Paulo pedalam inspirados em Mário de Andrade


Locais citados no poema “Quando eu morrer”, da Lira Paulistana, serão pontos de intervenção ciclística e cultural


No próximo domingo (07/09), ciclistas de São Paulo vão pedalar na poesia de Mário de Andrade. Pátio do Colégio, Vale do Anhangabaú, Faculdade de Direito da USP, Pico do Jaraguá e outros cartões postais da capital paulista, citados no poema “Quando eu morrer”, da obra Lira Paulistana, serão visitados pelos amantes do pedal.


Cada ponto citado no poema contará com uma intervenção cultural. De esquetes a recital de poesias, os ciclistas vão mostrar que pedalar também é cultura.


Pegue sua bike, coloque sua poesia, música ou peça teatral predileta na mochila e venha pedalar nos locais que inspiraram este autor apaixonado pela “Paulicéia Desvairada”.


Mais informações no www.bicicletada.org

3 comentários:

gira disse...

sensacional né? ontem deu saudade da minha fase "punk rock tosco"... rsss. esse pedal cultural promete ser muito bom heim? idéia genial. beijo!

Francisco Castro disse...

Olá, gostei muito do seu blog e de sua abordagem.

Parabéns!

Um abraço

toshior disse...

hahaha "quando eu morrer" quero que seja pedalando, mas sem o tombo!!!

abraços

Toshio